Whatsapp permite identificar quando o contato leu a mensagem

Uma boa – ou má notícia – para os ansiosos de plantão. A mais recente atualização do aplicativo Wathsapp agora permite que o usuário identifique se o contato leu a mensagem enviada.

Até então, os dois tracinhos cinzas depois da mensagem significavam que a mensagem foi enviada e depois entregue ao destinatário. Agora, quando os mesmos tracinhos ficarem azuis, significa que a pessoa do outro lado da linha já leu a mensagem.

Quando os tracinhos estão azuis, significa que o contato leu a mensagem

Quando os tracinhos estão azuis, significa que o contato leu a mensagem

A mudança também é válida para grupos. Basta clicar sobre a mensagem demoradamente e, quando aparecer a função “info”, selecione para verificar quem recebeu e quem leu o seu post.

Selecione "info" para ver quem recebeu e quem leu o post

Selecione “info” para ver quem recebeu e quem leu o post

Ainda no caso dos grupos, quando os dois tracinhos ficarem azuis, significa que todos os membros leram.

A tela com o "info" sobre as ações do contato fica assim, inclusive nos grupos

A tela com o “info” sobre as ações do contato fica assim, inclusive nos grupos

Por enquanto, ainda não está disponível a opção de desativar esta função. Portanto, se você é do tipo que dá a “velha desculpa” de que não leu a mensagem, é melhor repensar as justificativas😉

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | Deixe um comentário

Cresce número de crianças nas redes sociais

Instagram, Facebook e Twitter são cada vez territórios dominados pelas crianças. Pelo menos é esta a conclusão de estudo divulgado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), chamado de TIC Kids Online Brasil. A pesquisa, realizada entre setembro de 2013 e janeiro deste ano, ouviu 2.261 usuários com idades entre 9 e 17 anos em todo o território nacional e concluiu que 79% das crianças e adolescentes brasileiros que usam internet têm acesso às redes sociais. Na pesquisa anterior, feita em 2012, esse índice era 70%. A pesquisa revelou também uma tendência de crescimento no uso do telefone celular como principal forma de acesso às redes sociais – o aparelho é usado por mais da metade desse público (53%). Em relação a 2012, houve crescimento de 32 pontos percentuais. O acesso à internet por meio dos tablets cresceu de 2%, em 2012, para 16%, em 2013.
Mas, afinal, as redes sociais são proibidas para as crianças? Como lidar com os insistentes pedidos dos pequenos, que não querem ficar “por fora” da vida virtual?

512px-Kids_with_Education_Tablet_Computers

O professor André Azevedo Fonseca, do mestrado em comunicação na Universidade Estadual de Londrina (UEL) defende que a presença de crianças pequenas nas redes sociais é responsabilidade direta dos pais. Já os pré-adolescentes sofrem mais pressão dos colegas para abrirem conta nestes aplicativos. “Se há 20 anos a TV, os desenhos animados, os programas de auditório e os filmes da Sessão da Tarde pautavam os temas de seu universo, atualmente é a cultura da Internet, o YouTube, os memes e as redes sociais que têm alimentado o imaginário das suas conversas. Quem fica fora dessas referências tem dificuldades para se socializar”, acredita.

Día_del_Internet_Ciudad_de_México_07
O professor destaca que, para esta parcela da população, as redes sociais são um universo paralelo onde jovens se expressam, compartilham seus gostos, se exibem, flertam, constroem as suas identidades, usam as suas máscaras e se impõem perante os colegas.

Ao contrário do que muitos adultos acreditam, entretanto, ele garante que essas relações não substituíram os contatos reais, mas os complementaram. “O garoto mais tímido da sala, por exemplo, pode se tornar uma figura super descolada nas redes sociais. Há uma consciência intuitiva, mas muito aguçada, sobre a importância do capital social: todos lutam para serem populares, ávidos para que os colegas curtam a compartilhem as suas fotos e posts. Aqueles que conseguem isso se tornam admirados e invejados”, avalia.

Por isso, ele adverte que, se os pais se sentem pressionados a ceder ao ingressos nas redes sociais, não podem abrir mão de acompanhar a vida dos filhos nas mesmas. “É preciso atuar para que eles não sejam reféns do lado perverso na Internet, como o bullyng virtual, que os filhos podem sofrer ou praticar, e a exposição inadequada de questões íntimas e pessoais”, exemplifica. Crianças e adolescentes que têm boa autoestima e mantém diálogo aberto com os pais, segundo o especialista, tendem a dimensionar a sua atuação nas redes sociais de forma saudável.

Quando não há a participação dos pais, Fonseca reforça que as redes sociais podem ser perigosas. E enumera riscos que incluem desde o acesso a conteúdos impróprios, tal como discursos de ódio e violência, até a possibilidade de a criança passar informações privadas a estranhos, fazer compras usando o cartão de crédito dos pais ou aprender formas inadequadas de interação social. “Há redes sociais específicas para crianças, mas mesmo assim é preciso ter a supervisão dos pais. O segredo é a diversificação de experiências e o bom senso. Crianças devem brincar, jogar, ler, desenhar e se aproveitar do patrimônio cultural de seu tempo. É interessante, ao lado de tudo isso, conhecer a Internet e as redes sociais para aproveitar seus benefícios. O exagero é que traz problemas”, conclui.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | Deixe um comentário

Curitiba vai casar com o Rio de Janeiro amanhã

Reprodução

Reprodução

A atuação da Prefeitura de Curitiba nas redes sociais tem sido destaque e chamado a atenção pela linguagem descontraída e profissional com a qual aborda temas diversos. Uma novidade nos últimos dias deixou a página ainda mais movimentada: A Prefeitura de Curitiba vai casar com a do Rio de Janeiro amanhã. Não é lindo?

O “casamento virtual” começou como uma brincadeira, mas virou coisa séria. As duas prefeituras anunciaram o “casamento vermelho”, dia 22, com o objetivo de incentivar a doação de sangue no sábado (27). Muitas entidades e outras prefeituras de todo o País se manifestaram e aderiram à ação.

Na esteira do casamento, e vendo o sucesso gerado com a ação, a Prefeitura de Curitiba decidiu lançar uma lista de desejos, como se fosse uma lista de presentes para os noivos, para promover ações sociais. A ideia é que todo mundo possa participar da “brincadeira”. Desde então, diversas empresas, instituições e até outras prefeituras (como a de Manaus que vai plantar mais de 500 árvores em homenagem ao casamento) anunciaram diversas ações e doações, como tour com grupos da terceira idade, doação de picolés e águas, doação de livros, plantio de árvores, entre outros. A #ListaDaNoiva inclui 11 itens, que podem se repetir nas doações, mas também está “aberta” para quem quer presentear a cidade com outras ações.

Todas as informações sobre o casamento, os locais de doação de sangue e os presentes para os noivos estão disponíveis na página da prefeitura no Facebook: https://www.facebook.com/PrefsCuritiba?fref=ts

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Propostas dos presidenciáveis para a comunicação

smartphone-Agência Brasil

Você sabe quais são as propostas dos presidenciáveis para o setor de comunicação? Questões como Marco Civil da Internet, ampliação da infraestrutura para melhorar o acesso à rede no País, universalização da rede nas escolas e democratização dos meios de comunicação estão na pauta dos candidatos à Presidência da República. Abaixo seguem as propostas dos candidatos, material que faz parte da série Desafios do Brasil, publicada pela Agência Brasil.

Aécio Neves (PSDB) promete expandir a infraestrutura de comunicação no país e o acesso dos brasileiros à internet de qualidade e com custo compatível, garantindo o acesso gratuito quando necessário, em especial para atividades de cunho social e inclusivo. Ele afirma que vai estimular as iniciativas de produção do conhecimento em rede. O candidato tucano destaca que fará melhorias  na infraestrutura para melhor prestação de serviços públicos como o da telefonia e vai apoiar a modernização dos equipamentos escolares, incluindo a instalação de bibliotecas e laboratórios, computadores e acesso à internet. Outra promessa é utilizar a tecnologia da informação e comunicação para inspirar a formação de agentes de transformação social e incentivar o desenvolvimento de tecnologias que gerem novas expectativas de vida às pessoas com deficiência.

Dilma Rousseff (PT) promete universalizar o acesso ao serviço de internet barato, rápido e seguro. Segundo ela, serão feitos investimentos para expandir a infraestrutura de fibras óticas e equipamentos de última geração, o uso da internet como ferramenta de educação, lazer e instrumento de participação popular. Dilma garante a implementação do Marco Civil da Internet. Ela destaca a regulamentação como uma das mais avançadas do mundo e lembra que o Marco Civil garante aos usuários a liberdade de expressão, o respeito aos direitos humanos e à privacidade dos cidadãos, assegurando a neutralidade da rede. A candidata à reeleição destaca que a internet tem de ser um espaço aberto à liberdade de expressão, à inovação e ao desenvolvimento social e econômico do país. Dilma Rousseff destaca que vai priorizar o uso da internet a partir do programa Governo Digital para que o cidadão acompanhe, com facilidade e transparência, a destinação dos recursos públicos.

Eduardo Jorge (PV) não apresenta propostas específicas sobre o tema, mas afirma que um de seus 14 ministérios ficará responsável por questões relacionadas à infraestrutura envolvendo áreas como transporte e comunicação.

Eymael (PSDC) trata o tema garantindo acesso ao uso de equipamentos de informática, internet e banda larga em todo o país, no plano escolar. Segundo ele, isso vai contribuir para o projeto de “preparar nossas crianças e jovens para serem cidadãos do mundo.”

Levy Fidelix (PRTB) destaca que promoverá uma interação maior entre o Poder Público e a iniciativa privada para reduzir os valores cobrados do consumidor na melhoria dos serviços prestados na área de comunicação e na universalização do acesso à banda larga no país.

Luciana Genro (PSOL) destaca que seu governo vai avançar na democratização dos meios de comunicação. A candidata afirma que buscará a quebra dos oligopólios midiáticos e o fim da propriedade cruzada dos meios de comunicação. Luciana garante que vai incentivar instrumentos de comunicação alternativos, como rádios e TVs comunitárias, e meios públicos de mídia. Ela diz ainda que vai priorizar a promoção do controle social da mídia, com instrumentos de participação popular.

Marina Silva (PSB) promete transformar a conexão à internet em serviço essencial no país e criar plataformas amigáveis para tornar públicas as informações sobre orçamento de cada ministério, disponibilizando filtros para que qualquer cidadão cruze as prioridades de uma região e a destinação final dos recursos. A ex-senadora também quer criar plataformas para que a população envie propostas diretamente para as equipes do governo, aumentando a participação dos brasileiros nas decisões do governo por meio de consultas públicas. Marina garante ainda que vai promover a capacitação massiva de servidores federais e autoridades públicas para o uso das novas plataformas digitais colaborativas. A candidata quer incluir o tema nos currículos escolares e garantir acesso à internet em todas as escolas do país até 2018.

Mauro Iasi (PCB) promete a imediata reversão das privatizações e estatização do setor de comunicação, além de outras áreas estratégicas como a de energia, de mineração, dos recursos naturais, e de transporte e logística.

Pastor Everaldo (PSC), Rui Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU) não apresentam tópico destinado ao tema ou propostas específicas para a área de comunicação em seus programas de governo.

Publicado em eleição, eleições 2014, internet | Marcado com , | Deixe um comentário

Marketing digital: Sebrae e Facebook lançam capacitação online

sebrae-face

O Sebrae e o Facebook apresentaram essa semana o ‘Empreenda com o Facebook’, treinamento online gratuito desenvolvido para empreendedores brasileiros. Criado em um formato de jogo online, o Empreenda com o Facebook exige apenas que o interessado possua um perfil no Facebook.

Uma vez dentro do jogo, o empreendedor será conduzido por cinco etapas distintas. O game começa com uma introdução sobre a importância do marketing digital para os pequenos negócios e o papel do Facebook nesse cenário. A seguir, ele será orientado para a criação de uma página – isso pode ser feito durante o jogo; caso o empreendedor já possua uma página, ele pode pular essa fase.

O passo seguinte envolve o primeiro caso prático. O jogador terá como desafio criar anúncios para um estabelecimento comercial fictício.  Serão analisadas a pertinência do texto, a linguagem para o anúncio, além da adequação ao objetivo de negócios, que é atrair mais clientes. Ao término desta etapa e dependendo do seu desempenho, o empreendedor será recompensado com “estrelas” que poderão ser trocadas por créditos para anúncios no Facebook – destinados à sua empresa real.

As etapas subsequentes envolvem o desenvolvimento da estratégia de negócios para empresas online e físicas, além da recompensa também em estrelas para serem convertidas em créditos de anúncios. A pontuação máxima dará ao empreendedor R$ 200 em créditos de anúncio.

A duração estimada do jogo é de 45 minutos a uma hora, mas o jogador não precisa passar por todas as etapas no mesmo momento. Também é possível repetir uma determinada fase, mas os bônus não são computados novamente.

O jogo online comporta até 50 mil pessoas a cada mês – se este número for ultrapassado, o empreendedor interessado receberá uma mensagem informando quando poderá jogar. “Os negócios simulados no jogo foram pensados a partir de dados do Sebrae e de outras fontes relacionadas, e mostram que a maior parte dos empreendedores brasileiros atua nas áreas de varejo e comércio”, explica Stephanie Johnson, gerente de contas do Facebook Brasil.

“Essa solução educacional é sobretudo uma oportunidade de inclusão dos pequenos negócios nas redes sociais. Ao participar do jogo, o empreendedor amplia as possibilidades de sucesso do seu empreendimento”, assinala o diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos.

Atualmente uma em cada três pequenas empresas no País tem uma página no Facebook. “O treinamento online é mais um serviço de qualidade que vai apoiar a gestão dos pequenos negócios. O potencial de alcance da rede social precisa ser utilizado a favor do empreendedor para ampliar suas estratégias de marketing e relacionamento com o cliente”, disse o diretor Carlos Alberto, do Sebrae. (Agência Sebrae de Notícias)

Publicado em Facebook, internet, marketing digital, Negócios | Deixe um comentário

Mulheres são as que mais falam de chocolate nas redes sociais

Chocolate é um dos doces mais queridos mundo afora, e no Brasil não é diferente. Difícil encontrar quem não gosta da guloseima. A Airstrip, empresa que atua na área de pesquisa no mercado de social media e data mining, resolveu analisar o quão popular ele é nas redes sociais e também descobrir em quais situações ele é mais lembrado, o perfil de quem fala e as marcas mais lembradas.

E são elas, as mulheres, que mais falam de chocolate nas redes sociais. Dos internautas que comentaram sobre o assunto, 70% eram do sexo feminino. E a tão famosa TPM, claro, foi mencionada em 475 posts. Por que será?

Chocolate, segundo os internautas, ainda combina com filmes, cinema, frio, cama, cobertor… Entre as combinações com chocolate citadas estavam o bolo, com 6.725 registros, o soverte (2.115) e morango (2.049). O brigadeiro, tão querido por aqui, aparece com 1.239 menções.

Bis foi a marca mais lembrada, com 419 menções. O resultado desse número ocorreu devido a uma receita de Sorvetão de Bis, que foi compartilhada mais de 270 mil vezes desde o mês de fevereiro. Atrás, ficou o KitKat (252) e Sonho de Valsa (166).

São Paulo ficou em primeiro lugar do estado que mais comentou, com 29%. Rio de Janeiro ficou atrás com 18% e Rio Grande do Sul com 11%. O Paraná aparece com 5% da origem das menções sobre o assunto.

No período pesquisado, entre 27 de julho e 8 de agosto, foram publicados 77.203 posts sobre o assunto. Destes, 54% foram por meio de dispositivos móveis. E a mídia onde o tema mais aparece é o Twitter, com 86% das menções. Confira a pesquisa:
http://www.pinterest.com/pin/535365474427224521/

Publicado em Culinária, monitoramento, Redes Sociais, Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário

Feliz Dia dos Pais!

Rede social nenhuma substitui um bom abraço. Mas, em tempos de famílias hiperconectadas, não dá para negar que estes canais de comunicação diminuem distâncias e reforçam laços entre pais e filhos. Em homenagem ao Dia dos Pais, o site Buzzfeed fez uma homenagem super bem humorada aos “patriarcas” que descobriram no whatsapp mais um canal para “atormentar” seus filhos. Imperdível! Aproveitamos a oportunidade para desejar a todos um Feliz Dia dos Pais! Com abraços, beijos, conversas “olho no olho” e, por que não, muitas mensagens pelo whatsapp!  

256px-Fathers_day_father_with_kid_on_lake

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário